sábado, julho 22Programa Rolanda a Bola, de segunda à sexta às 7:00h

Sérgio Serra renuncia presidência do Paysandu

Foto: Fernando Torres/Paysandu

Na manhã desta quinta-feira, dia 6, o presidente do Paysandu Sérgio Serra entregou carta de renúncia do cargo. O dirigente anunciou saída em coletiva de imprensa no Estádio da Curuzu, em Belém. O engenheiro elétrico não suportou várias críticas e pressão do torcedor que, neste última partida, na derrota para o Londrina, recebeu pedidos de saída da torcida. Segundo informação extraoficial, o motivo de sua saída foi por ter sido agredido junto com seus familiares no último domingo.

A partir de agora, o vice de Sérgio Serra, Tony Couceiro será o novo presidente, assim informou Assessoria do Lobo. O Paysandu é o 16ª colocado na Série B do Campeonato Brasileiro, com 13 pontos.

Confira abaixo comunicado no site do clube:

É com imensa tristeza que o Paysandu Sport Club informa o recebimento da carta de renúncia do presidente Sérgio Serra. Os motivos que o levaram a abdicar do cargo foram expostos por mensagem enviada à Diretoria e imprensa.

Somos solidários a Sérgio Serra, e temos certeza de que não são agressões a seus dirigentes que continuarão fazendo do Paysandu o maior clube da Amazônia.

O novo presidente, já empossado, é Tony Couceiro, que ocupava o cargo de vice-presidente de Operações, exatamente como define o estatuto do clube.

Direção, funcionários e plantel estão unidos e todos imbuídos da missão de fazer o Paysandu ascender à Série A do futebol brasileiro. A gestão responsável e ética, e a busca por resultados continuarão sendo as pedras basilares desta Diretoria.

http://www.futeboldonorte.com