Programa Rolanda a Bola, de segunda à sexta às 7:00h

São Raimundo perde para a Tuna e adia classificação

Às vezes, um detalhe pode fazer toda a diferença. E foi assim que a Tuna conseguiu vencer o São Raimundo neste domingo, no estádio do Souza, pela terceira rodada da primeira fase do Campeonato Paraense: no detalhe. Em um jogo muito equilibrado, um pênalti no fim do segundo tempo deu os três pontos à Cruz de Malta. O lateral Rafael Vieira marcou aos 44 minutos e colocou sua equipe na liderança provisória do grupo A2, empatada com o Pantera com quatro pontos – o Castanhal enfrenta o Bragantino às 16h (horário local) e pode assumir a ponta).

Com campanhas muito parecidas, as duas equipes terão desafios importantes na próxima rodada. A Tuna visita o Bragantino no próximo domingo (23) no Diogão, enquanto o São Raimundo se despede da fase de classificação – o time folga na última rodada – recebendo o Gavião Kyikatejê em Santarém no sábado (22).

A Cruz de Malta criou mais, sobretudo com seu quarteto ofensivo formado por Ângelo, Fabrício, Manoel e Claudiney, mas desperdiçou suas grandes chances. Antes dos 20 minutos, o atacante Manoel já havia carimbado a trave do goleiro Labilá após boa troca de passes. Por volta dos 25, o meia Ângelo, em jogada individual, passou pela defesa alvinegra, mas chutou para fora. O Pantera melhorou no final da etapa inicial e conseguiu puxar mais contra-ataques com Caçula, Jefferson e Branco. A defesa da Tuna parava as jogadas com faltas e dava chances ao São Raimundo pela bola parada, mas os santarenos não aproveitaram. Zero a zero no primeiro tempo.

Na volta do intervalo, a Tuna se mostrou mais desgastada, em ritmo mais lento do que no primeiro tempo. O São Raimundo também sentiu o forte calor, mas retornou melhor e assustando mais os donos da casa. Por volta dos 25 minutos, o atacante Jefferson perdeu a melhor oportunidade do Pantera no jogo, batendo uma falta perigosa que balançou a rede do goleiro Dida pelo lado de fora. 

O trio de arbitragem promoveu um tempo técnico para os atletas se hidratarem e, na volta, o jogo seguiu equilibrado, dando sinais de empate. Mas um lance definiu a partida. Em um contra-ataque rápido da Cruz de Malta, o zagueiro Perema chegou atrasado e cometeu falta dentro da área. Pênalti para a Tuna. O lateral Rafael Vieira cobrou no canto esquerdo e marcou, aos 44 minutos da etapa final. O São Raimundo sentiu o gol e não conseguiu responder rápido. A Cruz de Malta ainda teve chances de ampliar o placar, mas consolidou a vitória em casa.

Tuna 1 x 0 São Raimundo
Local: Estádio do Sousa
Árbitro: Edval Augusto Ferreira Figueiredo
Renda:R$ 4.575
Pagantes: 474
Tuna-Dida, Pedro Henrique(Yuri) Preto Barcarena- Yan, Rafael Vieira:Biro,Jadão, Fabricio(Diego Indio) Angelo: Manuel(Kalinde)Claudiney.Técnico Charles Guerreiro.

São Raimundo: Labilá, Hugo Deleon, Perema, Matheus(Englerson) e Jaquinha; Marcelo Pitbul, Diego Carioca,Edicleber e Caçula;(Bruno Everton) Jeferson Monte Alegre e(Felipe) Branco. Técnico: Osvaldo Monte Alegre.

 GloboesporteBelém

Deixe uma resposta