segunda-feira, dezembro 11Programa Rolanda a Bola, de segunda à sexta às 7:00h

Remo será julgado nesta sexta-feira no STJD por ação de torcedor

O Remo será julgado nesta sexta-feira pelos auditores da Quarta Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), após a procuradoria do órgão denunciar o clube de se aproveitar da ação movida pelo torcedor Wendell de Souza Figueiredo, que suspendeu os jogos do Genus, representante de Rondônia na Série D do Campeonato Brasileiro. A sessão está prevista para iniciar às 11h e o Leão corre o risco de ser punido com em até R$ 100 mil e exclusão do campeonato que estiver disputando.
Na denúncia feita ao STJD, o procurador Alessandro Kioshi considerou que o Remo está se aproveitando da medida judicial proposta por seu torcedor para tentar ser incluído na Quarta Divisão, mesmo que isso seja feito através de terceiros. Assim, o clube paraense foi incurso no artigo 231 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD): “pleitear, antes de esgotadas todas as instâncias da Justiça Desportiva, matéria referente à disciplina e competições perante o Poder Judiciário, ou beneficiar-se de medidas obtidas pelos mesmos meios por terceiros”.
Assim que soube da situação, o presidente Zeca Pirão tratou de deixar claro que o Remo não tem participação na ação dos torcedores. Na quarta-feira os dirigentes azulinos se reuniram para montar a estratégia de defesa, que será feita pelo advogado Osvaldo Sestário. Sestário está no Rio de Janeiro, local onde acontecerá o julgamento.
Globoesportepará