quinta-feira, agosto 17Programa Rolanda a Bola, de segunda à sexta às 7:00h

Pela reabilitação no Parazão, Paysandu recebe o líder Cametá

Foram apenas duas rodadas, mas o Cametá se orgulha de ser o líder do Grupo B do Campeonato Paraense, com quatro pontos conquistados. Na segunda colocação aparece o Paysandu, com três, tendo que lidar com a derrota na rodada passada para o Tapajós. E é neste panorama que os dois clubes se enfrentam a partir das 20h30 desta quarta-feira. Em busca da reabilitação, o Papão recebe o “perigoso” Mapará no Estádio da Curuzu.

Depois da euforia pela goleada diante do Gavião, o Paysandu deu lugar à cautela. O time não vence há dois jogos – derrota para o Boto Santareno e o empate com o Santos-AP, pela Copa Verde. Percebendo o mal momento, o técnico Sidney Moraes deve mexer na equipe titular. Magno Alves, na zaga, e Héber dos Santos, no ataque, devem ganhar a preferência. No meio, a incógnita de quem fará dupla de contenção com Augusto Recife: Elanardo, Ricardo Capanema ou Jhonnatan? Ainda tem a novidade de Radamés no banco de reservas.
J
á o Cametá vive uma fase de calmaria. A vitória dentro de casa e o empate fora, deram ao Mapará a tranquilidade necessária para ir em busca da classificação às semifinais. Com um elenco formado por atletas rodados no futebol do Pará – Preto Barcarena, Leandrinho, Flamel, Branco e até o ex-bicolor Vanderson -, o técnico Cacaio sabe da dificuldade de enfrentar o adversário na Curuzu, mas quer, no mínimo, levar um empate para o interior do estado.

O apito do confronto ficará por conta de Joelson Nazareno Ferreira Cardoso, auxiliado por Luiz Diego Nascimento Lopes e Dimmi Yuri das Chagas Cardoso

Paysandu: Sidney Moraes promete mexer nos titulares. Assim, o Papão deve jogar com Andrey; Djalma, Magno Alves, Dão e Marlon; Ricardo Capanema (Jhonnatan ou Elanardo), Augusto Recife, Rogerinho e Yago Pikachu; Bruno Veiga e Héber dos Santos (Leandro Cearense).

Cametá: Cacaio escala a equipe com Evandro; Magno, Gil, Preto Barcarena e Souza; Vanderson, Leandrinho, Diogo e Flamel; Cassiano e Branco.

Globoesportepará