segunda-feira, dezembro 11Programa Rolanda a Bola, de segunda à sexta às 7:00h

Independente mostra força e faz Remo perder a segunda no Parazão

Sempre que se encontram, Independente e Remo fazem jogos muito movimentados e equilibrados.

Desta vez, no Navegantão, em Tucuruí, não foi diferente. Na partida válida pela segunda rodada da Taça Cidade de Belém, que marcou a estreia do Galo Elétrico na competição, as equipes apresentaram muita correria e disposição. No fim, vitória dos donos da casa por 1 a 0. O Remo segue sem vencer no Parazão.
O gol da partida foi marcado por Cristian, aos 9 do segundo tempo. O Galo Elétrico assume a segunda posição com 3 pontos. Já o Remo segue na lanterna sem pontuar. Na próxima rodada, o Independente o São Francisco, quarta-feira, dia 11, a partir das 20h30. Já o Remo vai folgar na terceira rodada.
Galo Elétrico domina o primeiro tempo
Jogando em casa o Independente começou indo pra cima. Logo aos dois minutos de jogo, após cobrança de falta, Wegno cabeceou na trave e Chicão, no rebote, jogou pra fora, assuntando o Leão. Apesar da grande correria e movimentação a partida não teve grandes lances de perigo. Aos 36 minutos, quase o placar é aberto por Daniel Piauí, que cabeceou forte, mas Fabiano fez grande defesa.
Segundo tempo tem gol, falta de luz e muita chuva
Na volta do intervalo o Remo tinha a proposta de agredir mais o adversário e ter mais posse de bola. Porém, aos 9 minutos, Cristian, de cabeça, desviou cruzamento e balançou as redes para o Galo Elétrico. Na frente, o Independente passou a se fechar. O Remo pecava sempre no último passo. Aos 20 minutos, as luzes do estádio se apagaram e voltaram somente 13 minutos depois. Na volta do jogo deu tempo, com os times frios, apenas do atacante Daniel Piauí ser expulso.
A segunda derrota do Remo no Campeonato Paraense e a pouca produtividade do time fez com que as especulações sobre uma possível saída de Zé Teodoro ganhassem força. Apesar disso, o treinador se mostrou confiante na manutenção do cargo e espera reverter o quadro em breve.
– Eu envergo, mas não quebro. Vim para fazer um projeto, estou avaliando o grupo. A pressão é grande, a torcida tem razão, mas o dirigente tem que ter equilíbrio. Estamos desenvolvendo o projeto. Acho que não é hora de mudar. Temos que fortalecer mais – disse.

  • Independente 1 x 0: Cristian (cabeça) 8′ 2º
    Renda: R$ 37.580,00
    pagantes: 2.129
    não pagantes: 300
    total: 2.429

Globoesportepará