Programa Rolanda a Bola, de segunda à sexta às 7:00h

Ex-seleção brasileira, Grêmio, São Paulo e Palmeiras, Warley é esfaqueado em assalto na PB

Warley atuou na seleção olímpica entre 1999 e 2001 (Foto: Getty Imagens)

 O ex-atacante Warley foi esfaqueado na madrugada desta sexta-feira durante um assalto, no bairro de Manaíra, área nobre de João Pessoa, onde mora com a família. Ele teve o celular roubado e precisou ser socorrido por volta das 4h20 (horário local) para o Hospital de Emergência e Trauma da capital paraibana. De acordo com o último boletim médico, o estado de saúde do ex-jogador – com passagens pela seleção brasileira entre 1999 e 2001 – é grave e ele precisou passar por cirurgia no início da manhã.

Como jogador, Warley defendeu grandes clubes do Brasil, como Grêmio, Palmeiras, São Paulo e Atlético-PR. Atualmente, ele é gerente de futebol do Botafogo-PB, onde encerrou a carreira em 2017.

Segundo relato de um amigo, Cláudio Santos, Warley foi abordado por dois homens, no bairro de Manaíra, na capital paraibana, que anunciaram o assalto. O ex-atacante entregou o celular e também o carro, mas, quando correu assustado, levou duas facadas. Ele pediu ajuda a esse amigo – que mora perto da sua casa – e foi levado para o hospital.

Já de acordo com a Polícia Militar, o ex-jogador se assustou com a abordagem, houve uma confusão, e ele acabou sendo atingido nas costas. Após atacar Warley, os assaltantes fugiram levando apenas o celular. O carro da vítima era o alvo dos ladrões, mas foi deixado no local.

O ex-atacante voltou a morar em João Pessoa na temporada de 2016 para atuar no Botafogo-PB. Indentificado com o time, onde foi campeão brasileiro da Série D em 2013, Warley decidiu pendurar as chuteiras no ano passado, aos 39 anos, para assumir a função de gerente de futebol no clube pessoense em 2018.

Segundo relato de um amigo, Cláudio Santos, Warley foi abordado por dois homens, no bairro de Manaíra, na capital paraibana, que anunciaram o assalto. O ex-atacante entregou o celular e também o carro, mas, quando correu assustado, levou duas facadas. Ele pediu ajuda a esse amigo – que mora perto da sua casa – e foi levado para o hospital.

Já de acordo com a Polícia Militar, o ex-jogador se assustou com a abordagem, houve uma confusão, e ele acabou sendo atingido nas costas. Após atacar Warley, os assaltantes fugiram levando apenas o celular. O carro da vítima era o alvo dos ladrões, mas foi deixado no local.

O ex-atacante voltou a morar em João Pessoa na temporada de 2016 para atuar no Botafogo-PB. Indentificado com o time, onde foi campeão brasileiro da Série D em 2013, Warley decidiu pendurar as chuteiras no ano passado, aos 39 anos, para assumir a função de gerente de futebol no clube pessoense em 2018.

 Globoesporte da Paraíba

Deixe uma resposta