sábado, setembro 23Programa Rolanda a Bola, de segunda à sexta às 7:00h

Em busca de título histórico, Paysandu e Macaé duelam em estádio lotado

A tarde deste sábado será histórica para Paysandu e Macaé. As equipes se enfrentam, em Belém, no Mangueirão, para um dos jogos mais importantes da história de cada clube. Ao Papão, vale o que será o seu terceiro título de Campeonatos Brasileiros, feito que poderá ter atingido pela primeira vez por um clube do Norte do país. Já o Macaé busca o primeiro de sua curta história. O ano de 2014 já é histórico para as duas equipes. Em seu centenário, o Paysandu decidirá em casa o que poderá ser o terceiro Brasileiro conquistado (foi campeão das Séries B de 1991 e 2001). O estádio estará lotado com a capacidade máxima permitida pelos órgãos de segurança: 38 mil pessoas – já que a venda de ingressos foi encerrada nesta sexta-feira, após esgotamento. Em meio a esse clima de expectativa, o Alviceleste tem problemas, com até cinco titulares podendo desfalcar a equipe. Do outro lado, o Macaé conseguiu, pela primeira vez, o acesso para a Série B. Porém, uma notícia inesperada acabou fazendo com que uma possível semana tranquila no clube tomasse outro rumo. Na última segunda-feira, dois dias depois do primeiro jogo da final, seis jogadores foram informados que estariam afastados, entre eles Romário e Jonathan Balotelli. O “adiantamento das férias” dos jogadores às vésperas da segunda partida, até o momento, não foi muito bem explicado. Apesar disso, os que ficaram garantiram que nada disso afetou o clima para o jogo decisivo. A arbitragem da partida será feita pelo baiano Manoel Nunes Lopo Garrido, que será auxiliado pelo conterrâneo Luiz Carlos Silva Teixeira e o mato-grossense Lincoln Ribeiro Taques. A partida começa às 17h (de Brasília, 16h de Belém) Papão é: Paulo Rafael; Fernando Lombardi, Reniê e Pablo (Ricardo Capanema); Yago Pikachu, Augusto Recife, Lenine, Zé Antônio e Airton; Ruan e Bruno Veiga.