segunda-feira, dezembro 11Programa Rolanda a Bola, de segunda à sexta às 7:00h

Desempenho de Givanildo é ruim nas últimas passagens pelo Paysandu

O pernambucano Givanildo Oliveira, de 64 anos, é um dos treinadores mais vitoriosos na história quase centenária do Paysandu. Com ele, o Papão conquistou três títulos estaduais, uma Copa Norte, uma Série B do Campeonato Brasileiro e a conquista mais importante no futebol bicolor, a Copa dos Campeões de 2002. Porém, a volta do técnico ao Estádio da Curuzu não foi tão comemorada pelos torcedores bicolores após a demissão de Lecheva. Isso porque Giva acumula resultados negativos nas duas últimas e na atual passagem pelo clube paraense.
Na Série B de 2013, Givanildo Oliveira assume o Paysandu pela sétima vez. A primeira foi em 1987. Em 194 jogos ao comando do time, Oliveira tem 100 vitórias, 49 empates e 45 derrotas. O desempenho ruim acontece nos últimos nove jogos. Em 2008, pelo Campeonato Paraense, uma derrota por 2 a 1 para o Águia de Marabá, nas semifinais do Primeiro Turno, foi o suficiente para o treinador pedir demissão do cargo.
Dalí, o treinador só foi retornar ao Paysandu quatro anos depois, durante a campanha da Série C do ano passado. Em seis partidas, nenhuma vitória. Foram cinco empates e uma derrota. Novamente Giva entregou o posto de comandante da equipe, recomendando a efetivação de Lecheva como técnico. Na atual temporada, o nome de Givanildo Oliveira foi lembrado, gerando insatisfação de alguns torcedores.
Globoesportepará