Programa Rolanda a Bola, de segunda à sexta às 7:00h

Corinthians perde de virada pelo torneio da Flórida

O Corinthians perdeu por 4 a 2 para o Rangers na tarde deste sábado, em Orlando, nos Estados Unidos, na segunda partida de cada time pelo Torneio da Flórida. No primeiro tempo, quando Fábio Carille escalou o time e o esquema treinados para a temporada, o Timão fez 2 a 0 jogando bem. No segundo, com toda a equipe trocada pelo técnico, a atuação foi péssima, e o time escocês virou o jogo com facilidade.

Time do primeiro tempo

Cássio; Fagner, Balbuena, Pedro Henrique e Romão; Gabriel, Clayson, Jadson, Rodriguinho e Romero; Kazim

O Corinthians mostrou a mesma organização defensiva de 2017. Com linhas bem compactadas, esperou o Rangers por boa parte do primeiro tempo e só sofreu quando Guilherme Romão, novato do time, ficou no mano a mano com os escoceses – um chute de Windass foi o mais perigoso. O mesmo Romão, depois, subiu bem ao ataque e acertou uma bola no travessão.

Para chegar ao primeiro gol, mais da mesma eficiência: atuando mais próximos na faixa central do campo, Jadson e Rodriguinho repetiram a dose do jogo contra o PSV – aos 30 minutos, passe do primeiro, gol do segundo. Para amplicar o placar, aos 39, Romero lançou Kazim, que invadiu a área e chutou cruzado, com força.

Time do segundo tempo

Cássio (Caíque França); Mantuan, Warian, Léo Santos e Maycon; Camacho, Renê Júnior, Marquinhos Gabriel e Pedrinho; Lucca e Júnior Dutra (Carlinhos)

Para começar a etapa final, Fábio Carille trocou os 10 jogadores de linha. Também testou outro esquema de jogo: mudou o 4-1-4-1 que tem priorizado na pré-temporada para um 4-4-2. Sem tanta desenvoltura, o ataque continou chegando à frente, ao menos nos primeiro minutos, mas o meio e a defesa se desmontaram.

Aos 17 minutos, Morelos aproveitou falha na marcação em cobrança de falta pela lateral e diminuiu para o Rangers. Em seguida, outras duas jogadas parecidas levaram perigo à defesa do Corinthians. Aos 25, após cruzamento do outro lado, Halliday empatou. E aí desandou: aos 31 e aos 36, Morelos e Tarvenier viraram o placar e garantiram a vitória escocesa.

GloboEsporte

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *