sábado, setembro 23Programa Rolanda a Bola, de segunda à sexta às 7:00h

Copa Verde: sete jogadores do Santos-AP estariam irregulares contra o Paysandu

Em campo, Paysandu e Santos-AP ainda não decidiram quem irá avançar para a Segunda Fase da Copa Verde. Porém, nos bastidores, o Papão tomou conhecimento de que até sete jogadores do clube amapaense estariam irregulares na partida que aconteceu no último dia 8, no Estádio Zerão, em Macapá, e terminou empatada em 1 a 1. O fato pode decidir o classificado independente do que acontecer dentro das quatro linhas.

Segundo os bicolores, tais atletas foram relacionados para o jogo sem que seus nomes estivessem publicados no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF até a data do confronto. Três desta lista de supostas irregularidades seriam o goleiro Diego Cabral, o meia Raí e o atacante Aldair, titulares contra o Papão. O segundo, inclusive, marcou o gol de empate do Santos-AP. O centroavante Danilo também atuou, entrando no segundo tempo. Completam a lista Willian, Michel e Diney, que não jogaram, mas sentaram no banco de reservas – o que também é passível de punição.

Após saber da possibilidade de irregularidades, a diretoria alviceleste informou que consultou a CBF, que irá apurar o caso e, caso se confirme a situação, a própria entidade máxima do futebol brasileiro fará a denúncia à Procuradoria Geral do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). A expectativa é que a de que a denúncia seja feita, de forma oficial, até a próxima sexta-feira.
O jogo de volta entre Paysandu e Santos-AP está marcado para o próximo sábado, dia 21, em Belém, no Estádio Leônidas Castro, a Curuzu.

Globoesportepará